Depois de boatos, Juliana Paes desabafa em vídeo nas redes sociais: “Não sou bolsominion, como adoram acreditar”

Após ser criticada por defender a oncologista Nise Yamaguchi, médica pró-cloroquina que depôs no Senado pela CPI da Covid na terça-feira (1º), a atriz Juliana Paes fez um desabafo nesta quarta (2) no seu Instagram e rebateu acusações de ser apoiadora do presidente Jair Bolsonaro.

“Estamos vivendo um dos momentos mais nebulosos. O mundo inteiro está angustiado. Qualquer assunto é politizado. É um maniqueísmo. Eu não sou bolsominion, como adoram acreditar”, disse ela, em um vídeo publicado no IGTV, que ela diz ser uma carta “a uma colega”, cujo nome não é citado.

A artista ponderou, no entanto, que também não quer ver a oposição do atual chefe do Executivo novamente no poder.

“Tenho críticas severas a este que nos governa, mas tampouco quero que a oposição que está presente no momento assuma o governo. Eu estou em um ambiente em que não me sinto representada por ninguém […] Eu não admito ser colocada em nenhum desses dois polos. Não quero contribuir para essa polarização doentia. Não nesse momento obscuro, onde o ódio reverbera mais. Ou você é isso ou é aquilo. Isso não existe. Somos múltiplos”, declarou ela.

Com textos e informações do portal BNews

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: