Depois de 4 meses, Bolsonaro nomeia o novo Ministro da Saúde

Na tarde desta quarta-feira, dia 16, o presidente Jair Bolsonaro se decidiu quanto ao novo ministro da saúde. O nome escolhido foi o do general Eduardo Pazuello, que já estava no cargo de maneira interina e agora foi efetivado.

A nomeação aconteceu no Palácio do Planalto, diante de parlamentares, ministros e outros convidados. Depois da Saída de Mandeta e Teich logo em seguida, uma atmosfera de grande apreensão tomou conta da pasta, principalmente por conta da pandemia. Então, no dia 15 de maio, Pazuello foi escolhido para ocupar o cargo, assumindo interinamente algumas semanas depois.

Tendo se graduado na Academia Militar das Agulhas Negras, no Rio de Janeiro, mesma academia por onde Bolsonaro passou, Pazuello é especializado em tarefas logísticas e administrativas. Em relação ao âmbito da saúde, o general foi secretário-executivo do ex-ministro Nelson Teich. Além disso, também foi Coordenador Operacional da Força-tarefa Logística Humanitária (Operação Acolhida), Comandante da Base de Apoio Logístico do Exército, Assessor de Planejamento, Programação e Controle Orçamentário do Comando Logístico e outros cargos de chefia na área militar.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: