Depois de 2 anos do caso, autoridades acreditam que Paulo Cupertino esteja de volta ao país

Um dos casos mais emblemáticos dos últimos tempos voltou a repercutir nessa semana. Trata-se do caso do ator Rafael Miguel.

As informações são do portal Record: Procurado há dois anos pelo assassinato do ator Rafael Miguel e dos pais dele, chacina ocorrida na zona sul de São Paulo, o comerciante Paulo Cupertino estaria de volta ao Brasil, escondido em uma fazenda, após ter passado pelo Paraguai. A informação foi revelada nesta quarta-feira (9) pela Polícia Civil à Record TV

“Temos a informação de que ele retornou e está em outro estado, que não o Mato Grosso do Sul. E é com essa informação que trabalhamos”, declarou a delegada Ivalda Aleixo, do Decap (Departamento de Polícia Judiciária da Capital).

A polícia paulista tem verificado dezenas denúncias sobre o paradeiro do fugitivo, inclusive em outros estados brasileiros e países vizinhos. Uma das mais recentes suspeitas é que Cupertino teria sido internado em um hospital do Mato Grosso do Sul com um quadro de covid-19. No entanto, a informação não foi confirmada pela equipe de investigadores que foi até o local.

Segundo a delegada Ivalda Aleixo, divisionária da Delegacia de Capturas do Dope (Departamento de Operações Policiais Estratégidas) da Polícia Civil, o fugitivo que encabeça a lista dos mais procurados do estado de São Paulo — e que também teve o nome incluso na lista da Interpol, a polícia internacional — não constituiu uma nova família. Porém, é possível que, atualmente, ele utilize outro nome e receba ajuda de alguém para manter o plano de fuga.

“Ele pode ter suporte da familiar. Fianaceiramente, a gente acredita que não. Um ou outro irmão deu suporte no início. Agora não. Ficou complicado, porque ele era o mantenedor das duas famílias que tinha. Mas ele tem um grupo de amigos e está sendo escondido”, complementou a delegada Ivalda Aleixo.

Com informações e textos do portal Record

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: