Depois de 2 anos de desaparecimento, dona de hotel é encontrada sem vida pela polícia

A polícia de São Paulo confirmou nesta terça-feira (26) que encontrou o corpo de Lucilene Maria Ferrari, que sumiu, aos 48 anos, na véspera de Natal de 2019 na cidade de Porto Ferreira, no interior de São Paulo.

O corpo estava no IML (Instituto Médico-Legal) na tarde desta terça. A mulher sumiu no dia 24 de dezembro daquele ano, e os ossos foram achados há seis meses em Porto Ferreira, em área rural próxima a Pirassununga. Exames da arcada dentária e também de DNA confirmaram que o corpo é de Lucilene.

O principal suspeito investigado pela polícia é Vanderlei Meneses, que seria companheiro de Lucilene à época. Após o desaparecimento, ele afirmou que a mulher estaria viva e em local desconhecido. Ele chegou a ser preso, mas acabou liberado.

Na noite de terça, as irmãs de Lucilene estavam na delegacia de Porto Ferreira e conversaram com a reportagem do Cidade Alerta. “Tinha muito amor pela minha irmã, por isso eu nunca desisti dela”, afirmou Márcia Ferrari.

Do portal Record

Categoria(s): Destaque.

Comente: