Deltan Dallangnol deixa coordenação da Operação Lava Jato e explica: “Minha filhinha, é meu dever como pai”

Depois de 6 anos estando à frente da Operação Lava Jato em Curitiba, o coordenador Deltan Dallangnol anunciou que está deixando o cargo. Famoso por combater a corrupção e por assinar diversas denúncias, inclusive contra o ex-presidente Lula, Deltan explicou que vai deixar a força-tarefa por um motivo prioritário: a sua filhinha.

“Sim, é verdade que estou de saída da coordenação da Lava Jato. É uma decisão difícil mas estou muito seguro que a decisão que quero tomar como pai. Isso que estou fazendo não é uma despedida.Continuarei a lutar contra a corrupção como procurador e como cidadão. A Lava Jato tem muito a fazer e precisa do seu e meu apoio.”

O que está acontecendo?

Deltan relatou que percebeu um sinal diferente na sua filha, que tem pouco menos de 2 anos, e isso se tornou uma questão de saúde:

“Há algumas poucas semanas eu e a minha esposa identificamos alguns sinais que nos preocuparam em nossa bebezinha, uma filhinha pequena, linda, de 1 ano e 10 meses de idade. Nós identificamos que ela passou a ter uma série sinais de regressão no seu desenvolvimento. Por exemplo, ela parou de falar algumas palavras que já falava, parou de olhar pra gente quando é chamada e passou a parar de olhar nos nossos rostos e nos nossos olhos. No nosso caso, os médicos já levantaram algumas suspeitas e a nossa filhinha está passando por uma série de exames e acompanhamentos para um diagnóstico que ainda vai demorar 9 semanas. Nessa idade o cérebro ainda é muito versátil e uma intervenção precoce pode fazer toda a diferença.”

Além disso, Deltan explicou que continuará atuando como procurador. Contudo, se dedicará à família neste momento, coisa que não poderia fazer se continuasse no papel de coordenador da Lava Jato. Isso porque, no papel que ocupava, Deltan estava constantemente cumprindo horários extra, tanto em outros turnos quanto nos finais de semana.

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Nacional.

Comente: