Delegado responsável por investigar filho mais novo de Bolsonaro é substituído após decisão do Diretor-geral da PF

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (9). O diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, substituiu o chefe da superintendência no Distrito Federal, Hugo de Barros Correia, responsável pelo inquérito das fake news e que investigava Jair Renan, o filho do presidente Bolsonaro. A decisão do diretor-geral da PF aconteceu nessa sexta-feira (8).

À frente de algumas apurações delicadas e relevantes para o Planalto, Hugo comanda os inquéritos do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre fake news, um sobre organização criminosa dos atos antidemocráticos e outro da live com ataques às urnas eletrônicas feita por Bolsonaro. O ministro Alexandre de Moraes está na relatoria destes inquéritos.

Hugo Correia não comandava estas investigações como superintendente, mas era o responsável pelo núcleo que apura os casos. O filho 04 de Bolsonaro, Jair Renan, é investigado pela superintendência do DF na operação que apura desvios de recursos no Ministério da Saúde. Nesse sentido, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19 tem voltado a atenção para a investigação contra o filho do presidente Bolsonaro. A CPI teve acesso a documentos que mostram que o filho de Bolsonaro pediu ajuda de um lobista para abrir uma empresa privada em Brasília.

O diretor-geral da PF deve substituir Hugo de Barros Correia por um delegado do Rio de Janeiro, porém o nome ainda não foi divulgado.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: