Delegado fica chocado com resultado do laudo dos meninos mortos pela mãe

Depois de tomar essa atitude desmedida, a mulher ainda ligou para o marido. Agora o laudo trouxe à tona como aconteceu e o delegado ficou boquiaberto.

Stephani Peixoto Ferreira, de 36 anos, segue presa após ser acusada de tirar a vida dos filhos em Guapimirim, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Stephani é mãe de Arthur e Bruno, e há alguns dias teria ligado desesperada para o marido, que estava trabalhando na hora. Assustado, o homem atendeu e ouviu a esposa dizer que havia tirado a vida dos dois filhos. Diante disso, ele saiu às pressas e chegou em casa para tentar socorrê-los, mas já era tarde. Na sequência, em estado de surto, a mulher ainda chegou a se cortar e precisou de assistência médica. Agora, o laudo revelou detalhes que assustaram até mesmo o delegado.

De acordo com os exames feitos, a mãe teria dopado os meninos. Além disso, um dos filhos teria sofrido ferimentos menos profundos antes da facada mais aguda, o deve ter lhe causado mais dor. Em conversa ao portal O Globo delegado afirmou:

“O laudo é chocante. Um crime bárbaro e que abala até a gente que é mais experiente. Ela provocou essas “lesões de hesitação” como se fosse “um teste” da faca antes de dar o golpe mais profundo”, disse o delegado. Mas não termina aí.

O então marido de Stephani  será ouvido novamente pois há a hipótese de que a mulher teria se desesperado e entrado em surto após uma conversa do casal que teria concluído com o término dos dois. O caso segue em andamento.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Categoria(s): Nacional.

Comente: