Cuscuz se torna Patrimônio Imaterial da Humanidade

Os amantes de cuscuz receberam uma notícia incrível nesta quarta-feira (16). Isso porque essa tão simbólica alcançou um outro nível. Mas afinal o que aconteceu?

Nesta quarta, as tradições, práticas e conhecimentos relacionados ao preparo e consumo do cuscuz agra são Patrimônio Imaterial da Humanidade Uma videoconferência do Comitê de Patrimônio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), decidiu aprovar o pedido. Contudo, esse casa tem um detalhe que pode ser curioso para muitos brasileiros: o Brasil não participou do pedido. Mas como assim?

Muitos não têm ideia, mas o cuscuz é um alimento muito popular em diversas nações. Com variações de receitas, tanto doces quanto salgadas, esse alimento atravessou gerações e sustentou famílias inteiras. A reunião da Unesco aconteceu sob a presidência da Jamaica e o pedido para a pauta foi realizado pelos seguintes países: Argélia, Mauritânia, Marrocos e Tunísia.

Esses países relataram toda a importância do cuscuz na cultura e vida de seus povos, tendo assim o pedido acatado. Todavia, mesmo Brasil não estando envolvido diretamente no pedido, essa conquista continua sendo um marco histórico, pois todos sabemos a importância do cuscuz e de todas as suas deliciosas variações presentes no território nacional.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: