“Culpa dos jogos e dos amigos”: Pai de adolescente que matou mãe, irmão e o deixou paraplégico culpa os amigos e jogos eletrônicos pela atitude

O pai do adolescente de 13 anos que matou a mãe o irmão e o deixou paraplégico atribui o crime do filhos a jogos eletrônicos e influencia de amigos.

Depois de ser proibido de jogar no celular e cobrado a tirar notas boas na escola, o adolescente usou a arma do pai, que é um policial reformado, para tirar a vida da família. A mãe o irmão não resistiram e o pai ficou sem os movimentos das pernas.

Para o pai, o sargento Benedito da Silva Araújo, essa atitude se deve por conta dos jogos eletrônicos, séries e influencias de amigos. “Eu atribuo essa atitude a alguns jogos que ele estava assistindo. Free Fire, aquela série Naruto”. Ainda segundo o policial reformado, amigos teriam influenciado o filho a ir contra os professores. “Eu ouvi algumas conversas de uns colegas falando em oprimir os pais, os professores. Tudo isso foi influencia. Ele é um menino bom e obediente”.

A pedido da própria família, o adolescente passa por avaliação de psicólogo e psiquiatra. “Na terça-feira (22), a família providenciou para ir até o Centro Educacional do Adolescente (CEA), uma psicóloga e uma psiquiatra sabendo que isso é uma avaliação particular, interesse da família”, explicou o advogado.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: