Search
Close this search box.

Criminosos fogem usando técnica de rapel após furto em 11° andar de prédio

Uma nova modalidade de assalto foi registrada na capital goiana, chamando a atenção da Polícia Militar de Goiás. Dois jovens, de 28 e 24 anos, são suspeitos de invadir um prédio, furtar uma joalheria e fugir do 11º andar utilizando a técnica de rapel.

Segundo a corporação, os criminosos, provenientes de São Paulo, deslocaram-se para Goiânia com o intuito de cometer crimes.

O furto ocorreu na madrugada da última segunda-feira (18/12), em um edifício no Setor Bueno, um bairro nobre da capital. Os suspeitos foram detidos no mesmo dia do crime, já em Campinas (SP).

O coronel do Comando de Policiamento da Capital, Marcelo Granja, destacou que a modalidade de assalto praticada pelos indivíduos é inovadora em Goiás. O fato de utilizarem apenas uma corda para deixar o local chamou a atenção da PM, indicando que não eram habitantes locais. Conforme Granja, a dupla alugou uma residência em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital goiana, no dia 6 de dezembro.

No dia 15, os suspeitos furtaram uma residência no Setor Sul, levando algumas joias. Durante a busca pelos suspeitos, a polícia teve conhecimento do furto na joalheria. A corporação conseguiu identificar os suspeitos por meio de imagens de câmeras de segurança na região da casa e do prédio. Dessa forma, a PM localizou o veículo usado pela dupla.

Segundo Marcelo Granja, no episódio da joalheria, os homens adentraram o prédio durante o dia, aproveitando seu caráter comercial, e permaneceram no local até anoitecer. De acordo com o coronel, os indivíduos entraram em uma clínica de psicologia, abriram um buraco na parede e acessaram a loja de joias. O prejuízo ainda não foi estimado pela proprietária da joalheria.

Imagens de câmeras de segurança mostram os suspeitos circulando próximo ao prédio e dentro da joalheria. Fotos divulgadas pela polícia evidenciam o buraco na parede utilizado para a entrada na loja, assim como o método pelo qual deixaram o local. Após a consumação do furto, a dupla desceu do 11º andar do prédio utilizando uma corda.

A polícia informou que os suspeitos fugiram para São Paulo ainda durante a madrugada de segunda-feira, assim que deixaram o prédio. Granja ressaltou que a dupla trocou a placa do veículo em que estavam três vezes para dificultar a identificação. Os homens foram detidos com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da PM de São Paulo.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: (Reprodução PM-GO)