Criança nasce com duas bocas e passa por cirurgia para corrigir

Diprosopus é o nome dado a duplicação estruturas craniofacias. Uma menina dos Estados Unidos nasceu com essa anomalia, isto é, uma segunda boca com lábios, dentes e até uma pequena língua.

Segundo os médicos da Universidade de Medicina da Carolina do Sul, que cuidaram da criança e publicaram no BMJ Journal, somente 35 casos como esse foram documentados no mundo e a incidência mior ocorre entre meninas.

“A duplicação craniofacial pode abranger um amplo espectro de anomalias congênitas, variando de duplicação facial completa à duplicação parcial de estruturas faciais. Quando ocorre duplicação parcial, a maxila, a mandíbula ou a cavidade oral são as mais envolvidas”, disse um dos médicos responsáveis pelo caso.

Ao completar 6 meses de idade, a garotinha passou por uma cirurgia para retirar a boca extra e reconstrução do rosto. Atualmente, ela está com o quadro estável e segue sem dificuldades para comer.

Categoria(s): Internacional.

Comente: