Connect with us

Regional

Cozinheira diz que foi chamada de ‘crioula’ e levou chute de porta-voz do MBL em Belo Horizonte

...

“É uma dor na alma que eu vou carregar pelo resto na vida”. A declaração é da cozinheira Eliana da Silva que foi agredida fisicamente e chamada de “crioula”, na noite de sábado (9), no bairro Savassi, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

De acordo com o boletim de ocorrência (BO) da Polícia Militar (PM), Thiago Loureiro Dayrell Costa, porta-voz do Movimento Brasil Livre (MBL) em Belo Horizonte, segurou Eliana pelo pescoço e deu um chute na perna direita dela. No Twitter, o MBL disse que a cozinheira mentiu e que o porta-voz do movimento é que teria sido “espancado” por quatro funcionários do restaurante.

“Estou com o meu emocional abalado. Em pleno 2020 ter que passar por isso? Não tenho palavras para descrever”.

G1 tenta contato com Thiago. Leia a versão dele dada à PM no final da matéria.

Ainda segundo o BO, Thiago estava acompanhado da namorada e bebia uma cerveja na parte externa do Takos Mexican Gastrobar e, em um determinado momento, teria entrado gritando na loja, dizendo que o pedido estava demorando a ficar pronto.

De acordo com o boletim de ocorrência, ele teria arremessado um cartão de banco no rosto da operadora do caixa e pediu para ela cobrar: “Cobra essa p**** logo”.

Nesse momento, Eliana interveio e pediu ao cliente que se acalmasse. Ele teria gritado: “Não coloca a mão em mim sua crioula”.

(FOnte: G1)

Continue Lendo
Publicidade

Acontece Na Bahia - Copyright © 2019.