Corredor morre após passar mal durante prova e ser internado na UTI com lesão grave e sintoma de xixi preto

Um corredor de 50 anos morreu na cidade de Caruaru, em Pernambuco, nesta quarta-feira (24), por complicações de saúde provocadas por rabdomiólise, doença ocasionada por uma lesão muscular aguda que deixa o xixi escurecido. Dorgival Celerino do Nascimento participou de uma competição, e por causa do excesso do esforço físico, precisou ser levado a um hospital e ser internado em uma UTI.

Dorgival participou da prova, que ocorreu saindo da cidade de Pombos, a pouco mais de 65 km de distância do Recife, em direção a Gravatá, no Agreste. Na Serra das Russas, situada entre essas duas cidades, ele passou mal e foi encaminhado a uma unidade de saúde em Gravatá.

No dia seguinte (22), Dorgival foi transferido para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, onde ficou internado na UTI. Segundo nota do HRA, a causa do óbito foi atribuída à hepatite fulminante e rabdomiólise, uma condição que pode ser desencadeada por uma lesão muscular aguda resultante de esforço físico excessivo.

A médica do Espaço Einstein, Karina Hatano, explicou que a rabdomiólise ocorre devido a uma lesão muscular aguda, que pode ser resultado de esforço físico excessivo, especialmente quando praticado por pessoas não preparadas.

Durante a prática de exercícios, os músculos passam por um processo natural de desgaste, gerando microlesões nas fibras musculares. Essa quebra das fibras musculares é uma resposta normal ao esforço físico, levando à ativação de enzimas que são metabolizadas pelo fígado e rins.

“Ao treinarmos intensamente, os músculos se rompem mais e, consequentemente, os rins precisam filtrar mais. Isso resulta em um quadro de insuficiência aguda, com aumento das toxinas, podendo levar a necessidade de diálise ou até mesmo ao óbito”, explicou a médica Karina Hatano.

Um caso de rabdomiólise ganhou destaque em novembro de 2023 com a influenciadora Kamila Rigobeli, que experimentou o efeito tóxico do exercício intenso após participar de uma única aula de spinning. Kamila relatou em um vídeo nas redes sociais que sentiu desconforto imediatamente após a atividade, e nos dias seguintes, experimentou muita dor, sendo internada quando seu xixi escureceu.”

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: Reprodução/Recife Running