Coronavírus: ‘Sou hipertensa e sobrevivi, mas minha filha de 17 anos morreu.’

Germaine Herculano dos Santos, de 43 anos, e sua filha Kamily Ribeiro, de 17 anos, foram internadas no dia 23 de Março no hospital público de Duque de Caxias, interior do Rio de Janeiro.

No hospital após realizarem exame foi comprovado que elas estavam de covid-19. Mãe e filha ficaram internadas juntas, mas dois dias depois foram levadas a um hospital de campanha. Germaine, era hipertensa, se recuperou e recebeu alta. Porém, Kamilly, que não tinha nenhuma doença, apresentou complicações e veio a óbito.

De acordo com o médico infectologista, Alexandre Naime, em alguns casos raros, o sistema imunológico apresenta uma falha pontual crítica e acaba fazendo com que pessoas que não são do grupo de risco apresentem um quadro grave ou venham a óbito.

Categoria(s): Nacional.

Comente: