Corinthians celebra ‘libertação dos cidadãos’ e promete lutar pelos presos

 

O Corinthians publicou uma nota na qual comemora a liberdade concedida a sete dos torcedores presos em Oruro. O clube prometeu seguir lutando pelos direitos dos cinco que continuam detidos, acusados de participação na morte de Kevin Beltrán — garoto de 14 anos atingido por um sinalizador em partida entre o San José.

“O Sport Club Corinthians Paulista recebeu com extrema felicidade a notícia da libertação de sete dos 12 brasileiros — e torcedores corinthianos”, diz o texto, que procura valorizar as atitudes tomadas pelo presidente Mário Gobbi desde o incidente, ocorrido em 20 de fevereiro.

“Um dia após o triste falecimento do garoto Kelvin Beltrán Espada, em entrevista coletiva concedida no CT Dr. Joaquim Grava, o presidente Mário Gobbi Filho iniciou a defesa dos 12 cidadãos brasileiros, que haviam sido detidos sem prova alguma. Desde então, o Sport Club Corinthians Paulista trabalhou incessantemente, em conjunto com o Governo Federal, para lutar pelos direitos dos seus torcedores”, afirma a nota.

O clube recordou os encontros de Gobbi com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e com o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota. Lembrou ainda a satisfação dada pelo dirigente às famílias dos presos em reunião realizada no Parque São Jorge e “o apoio do eterno presidente Andrés Sanchez”.

“A felicidade pela libertação dos sete cidadãos brasileiros, no entanto, não é maior do que a força e o engajamento com que o Sport Club Corinthians Paulista seguirá trabalhando para que todos outros cinco torcedores tenham os seus direitos respeitados”, conclui o texto publicado.
veja mais

Fonte: MSN Notícias.

Categoria(s): Regional.

Comente: