Conversa revela ideia de Gabriel Monteiro de “mudar estética” de garoto morador de rua “em estado precário”

Com as denúncias reveladas pelo Fantástico contra o vereador Gabriel Monteiro, outros ex-funcionários passaram a revelar algumas estratégias usadas pelo vereador para montar seus vídeos no YouTube. Em uma conversa no WhatsApp, um funcionário mostra o pedido de Gabriel Monteiro para encontrar um morador de rua “em estado precário” para ele “mudar a estética” do jovem.

“Bom dia, Gabriel, marquei de 13h estar indo na família pobre para mandar fotos da criança pobre para a gravação que você pediu”, escreveu o funcionário. “Tem que ser morador de rua, o garoto. Cabeludo, em estado precário, pra gente conseguir mudar a estética dele”, respondeu Monteiro.

Sobre a conversa, a equipe do vereador emitiu a seguinte nota: “Faz parte do nosso trabalho mudar a realidade de vida de pessoas que perderam a esperança. Neste caso concreto queríamos mudar o quadro de vida de um morador de rua, dando assistência e posteriormente arranjar um trabalho pura ele. Todo gasto é custeado por mim, o emprego é conseguido por nós é toda assistência necessária para o sem-teto”.

Gabriel Monteiro é denunciado por ex-funcionário por assedio moral e sexual, além de ser acusado de forjar os vídeos nas redes sociais. Uma mulher também o acusa de estupro. Em um dos vídeo brutos das gravações do vereador para o YouTube, obtidos pela Rede Globo, Monteiro orienta um homem que diz ser morador de rua a simular um furto de uma bolsa na Lapa, Rio de Janeiro, para depois ser abordado por ele, que o questionará sobre os atos. Gabriel nega todas as acusações.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: