Controladoria inicia processo contra policial que derrubou carrinho de frutas e humilhou vendedor

Uma decisão da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) iniciou a apuração da conduta do policial militar filmado derrubando o carrinho de um vendedor de frutas. Aparentemente sem motivo nenhum o sargento derrubou a mercadoria e o carrinho do vendedor no chão, humilhando-o.

A história se espalhou muito rapidamente nas redes, causando revolta em todo o país. A controladoria classificou o caso como “um fato que foi amplo objeto de compartilhamento na mídia nacional e nas redes sociais, gerando repercussão negativa para a PMCE (Polícia Militar do Ceará)”.

Entenda o caso

Aos 20 anos, o vendedor de frutas teve seu carrinho de frutas derrubado, sua mercadoria chutada e foi humilhado na rua. O momento foi registrado e gerou revolta na população, que pediu por justiça. Então, diante de tamanha repercussão, os policiais que estavam no local no momento do ocorrido foram afastados até que os fatos sejam apurados.

O caso ficou ainda mais em pauta depois de informações sobre o passado do vendedor virem à tona.De acordo com o portal Jornal Jangadeiro, o vendedor de frutas teve dois registros de passagens pela polícia quando menor de idade. Ele seria suspeito de participar de um homicídio e de organização criminosa. Após a revelação dessas informações, algumas pessoas dividiram opiniões nas redes. Posteriormente, o vendedor acabou preso por Leia Mais.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: