Comandante-geral da PM do DF é exonerado do cargo após furar fila de vacinação

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta sexta-feira (2). Após ser flagrado furando a fila de vacinação de acordo com o programa nacional de vacinação contra a covid 19, o comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal, Julian Rocha Pontes, foi exonerado do cargo. Segundo informações da CNN, a exoneração do policial consta no Diário Oficial publicado nesta sexta-feira (2). 

De acordo com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, a vacinação de agentes de segurança segue cronograma a ser iniciado no começo da próxima semana com alguns ajustes ainda em aberto e conforme listas que serão organizadas segundo a direção de cada comando. 

O ex-comandante-geral da PM, Julian Rocha,47 anos, teria tomado a vacina em conjunto com outros oficiais antes mesmo de policiais que estão na linha de frente do combate a covid 19.O cargo será ocupado pelo coronel Márcio Cavalcante de Vasconcelos. 

 

Da redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: