Com dose única, nova vacina apresenta eficácia de 100% em casos graves e é mais fácil de armazenar

Uma notícia trouxe grande esperança ao povo nesta segunda-feira (8). Isso porque uma nova vacina apresentou resultados muito promissores quando testada no Paraná.

A vacina desenvolvida pela Johnson & Johnson, a Janssen-Ciliag, apresentou eficácia de 100% com aplicação de dose única em casos graves da doença. De acordo com o portal Tribuna PR, o imunizante teve 66% de eficácia em casos moderados, reduzindo em mais de 33% no número de casos e COM nenhum caso de internamento grave ou morte. De todas as vacinas testadas mundialmente, essa é uma das que melhor performou. Além disso, existe outro ponto muito positivo nessa vacina.

De acordo com o infectologista Clóvis Arns da Cunha, essa vacina precisa de temperaturas um pouco mais amenas, quando comparada a outras, para armazenamento. Enquanto algumas vacinas precisam de temperaturas consideradas baixíssimas, chegando até a -70Cº, a vacina da Johnson & Johnson pode ficar temperatura apenas entre 2 e 8 graus e pode ficar armazenada até 90 dias..

No total, mais de 43 mil brasileiros receberam a vacina durante o estudo. Agora, o pedido de autorização para o uso emergencial da vacina deve ser encaminhado em breve. Por conta da dose única, essa vacina tem grande potencial de acelerar o protocolo de vacinação no país, que ainda está apenas começando.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: