Com ajuda de vaquinha, taxista deixa de dormir no carro e compra seu próprio veículo

Seu Jaime passou muito sufoco nos últimos meses. Depois de ter problemas financeiros, ele estava dormindo no carro, pois não tinha como pagar aluguel.

Com o sucesso da vaquinha criada pelos Razões para acreditar, seu Jaime recebeu mais de R$ 120 mil em doações e está muito feliz! Ele também já parou de dormir no carro e agora tem uma caminha confortável para poder descansar.

A história do seu Jaime chegou até a gente pela Mariana. Ela pegou uma corrida com ele e, no caminho, o taxista perguntou se o carro estava com cheiro ruim.

Depois de responder que não, Mariana quis saber o motivo da pergunta. Então seu Jaime contou que estava dormindo no carro há cinco meses, pois estava com dificuldades financeiras e não tinha como pagar um aluguel.
A felicidade dele ao saber o quanto foi arrecadado é de deixar o coração beem quentinho.

Com o valor, seu Jaime vai comprar um carro só dele para trabalhar e se livrar de vez das diária tão alta do aluguel do veículo atual, vai alugar um cantinho por um bom tempo e vai cuidar da sua saúde bocal, que não tinha condições de pagar por um tratamento.

Para quem não conseguiu acompanhar essa história:⠀

Jaime é taxista em São Paulo e tem 59 anos. Vocês acreditam que há 5 meses, por não ter onde morar, ele está dormindo no carro? É que desde que a sua mãezinha faleceu, o taxista precisou alugar um cantinho para morar.⠀

Depois, ele até ficou um tempo pagando um quartinho, mas com a pandemia, ficou sem corridas e sem condições de manter a moradia.⠀
⠀⠀
Paga aluguel para a frota de táxi e a diária é de R$65 reais, ou seja, no final do dia, ou ele paga a diária para não perder o carro ou compra algo para se alimentar.⠀
⠀⠀
Sua história chegou para nós pela moradora Mariana (@marimnteiro), que pegou uma corrida com ele e soube de sua triste situação. Inclusive, é a Mari que conversa com seu Jaime nesse vídeo lindo!⠀
⠀⠀
Para saber mais sobre a história do seu Jaime, acesse o link da bio ou digite no seu celular: nova.voaa.me/vaquinha-jaime⠀

Categoria(s): Social.

Comente: