Cirurgião de Bolsonaro avalia necessidade de mais uma cirurgia por conta do quadro atual

Nesta quarta-feira (14) a notícia de que Bolsonaro precisou ser internado tomou as manchetes. Então, agora ele será transferido para São Paulo e foi constatada a possibilidade de uma nova cirurgia.

De acordo com o portal Record, o médico cirurgião Antônio Macedo foi à Brasília para avaliar o quadro de Bolsonaro, que ficou internado no Hospital das Forças Armadas. Contudo, em breve o líder do executivo será transferido para São Paulo, onde passará por novos exames. Ainda segundo o portal, Dr. Macedo deve avaliar a necessidade de uma nova cirurgia no trato digestivo de Bolsonaro, pois ,além do soluço persistente que já dura pelo menos uma semana, o presidente apresenta uma obstrução abdominal.

Macedo é o mesmo cirurgião que realizou a operação de Bolsonaro em 2018, após o ataque a faca ocorrido em Juiz de Fora, Minas Gerais, no período da campanha eleitoral. Mas não termina aí

Para o vice-presidente da Républica, Hamílton Mourão, as dores que Bolsonaro vem sentindo na região da barriga têm relação com o ataque. Por fim, a partir de um nota, a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) corroborou o que foi dito por Mourão e falou sobre internação e sobre o soluço que persiste há dias:

“O presidente da República, Jair Bolsonaro, por orientação de sua equipe médica, deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, nesta quarta-feira (14) para a realização de exames para investigar a causa dos soluços. Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem”.

O cirurgião Antônio Macedo é de confiança de Bolsonaro e já operou o presidente por pelo menos 3 vezes.

Foto: Bolsonaro ao lado do Dr. Macedo depois de um procedimento realizado em 2019

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: