Cientistas da Unifesp mostram tratamento que pode ser a cura da AIDS

De acordo com pesquisas realizadas pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a cura para a síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids) pode está bem próximo. A pesquisa está sendo coordenada pelo infectologista Ricardo Sobhie Diaz, referência mundial no assunto.

A pesquisa teve 30 participantes que possuem a carga viral. Eles foram colocados em seis subgrupos, recebendo, cada um deles, diferentes combinações de remédios, além do próprio “coquetel”.

Uma espécie de “vacina” foi criada e ela, de acordo com os pesquisadores, conseguiu ensinar o organismo do paciente a encontrar as células infectadas e destruir uma a uma, eliminando completamente o vírus HIV.

O inicio da epidemia de AIDS no mundo deu-se em 1980, onde cerca de 35 milhões de indivíduos perderam a vida por causas relacionadas à aids. O Brasil possuiu quase 843 mil casos.

Categoria(s): Social.

Comente: