Ciclone bomba pode ter afastado nuvem de gafanhotos do Brasil

Nos últimos dias uma sequência de acontecimentos e eventos naturais preocupou a comunidade científica e o povo. Uma nuvem de gafanhotos avançava pela América do Sul, podendo chegar ao Brasil numa região de grande produção agrícola, o que poderia causar grandes prejuízos nas lavouras. Contudo, o ciclone bomba que chegou à região pode ter ajudado a afastar os insetos.

De acordo com o geógrafo Lucivânio Jatobá, em entrevista ao portal Passando a Limpo, o contexto que compõe a formação do ciclone pode ter ajudado a afastar a nuvem de gafanhotos.

“Não só a intensidade desses ventos, mas a temperatura que está despencando no Sul em cima do Uruguai, uma parte da Argentina e do Rio Grande do Sul. Isso foi uma coisa muito boa para nós brasileiros porque essa nuvem de gafanhotos parece que sofreu uma mudança por conta dessa situação nova meteorológica sobre o Sul do Brasil. Felizmente, uma boa notícia”

Ele também explicou qual será o destino do ciclone nos próximos dias:

“Agora ele vai caminhar pelo Oceano Atlântico, provocando ventos fortes, com ressacas no litoral brasileiro, sobretudo no litoral Sul. Observei em imagens de satélite que esse sistema de baixa pressão está com um olho. Aí vai surgir a dúvida que aconteceu há quase 20 anos, quando um ciclone apresenta um olho ou um centro frio, então ele se aproxima mais do sistema tropical. Então é uma loucura isso numa área subtropical termos um ciclone tropical. Isso vai gerar muita discussão ainda e a evolução nas próximas horas é que vai poder resultar em um diagnóstico meteorológico”

Por fim, essa é uma boa novidade em meio a tantos contratempos, principalmente para os produtores rurais.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Regional.

Comente: