Chapada Diamantina terá plano piloto de recuperação do café

 

A Chapada Diamantina terá um plano emergencial para recuperação da cafeicultura desenvolvida pelos pequenos agricultores da região, conhecida mundialmente por produzir um dos melhores cafés do Brasil, entre eles o que é consumido pelo Papa Francisco I no Vaticano. Na abertura do “V Encontro de Produtores Rurais de Barra da Estiva e Região”, o secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, anunciou que um projeto piloto será desenvolvido. Os municípios de Mucugê, Ibicoara, Barra da Estiva, Ituaçu e Piatã estão inseridos na proposta. “Os secretários de Agricultura desses municípios vão elaborar um projeto piloto de custeio dos cafezais que contemple poda, calagem, e fertilização dos solos”, desafiou Salles, que informou que a proposta atenderá aos produtores mais carentes e que estejam organizados em associações. Segundo a Seagri, o evento, encerrado neste sábado (27), reuniu mais de cinco mil participantes. O objetivo foi capacitar os pequenos e médios produtores, disponibilizando informações e conhecimentos técnicos sobre a agricultura familiar e as novas tecnologias usadas no campo.

Fonte: Bahia Notícias.

Categoria(s): Regional.

Comente: