Chacina em festa junina deixa cinco mortos e sete feridos

Na madrugada do último domingo (28), uma festa junina no condomínio Jamaica, em Anchieta, na Zona Norte do Rio de Janeiro, acabou em cinco mortos e sete feridos. De acordo com policiais do 41º BPM (Irajá), doze pessoas baleadas deram entrada na UPA de Ricardo de Albuquerque, também na Zona Norte, mas quatro não resistiram aos ferimentos. Entre os mortos, está uma menina de 10 anos.

Segundo relatos, os tiroteios ocorreram por volta das 2h e que teriam sido disparados por quatro homens armados do Complexo do Chapadão em um carro preto. No momento, as vítimas estavam participando da festa junina próxima à comunidade Az de Ouro.

A hipótese é de que o crime teria sido motivado pela guerra de tráfico na região, conforme o delegado adjunto do Grupo Especializado em Local de Crime (Gelc) da Delegacia de Homicídios (DH), Luís Otávio Franco. “Está sendo ventilada essa hipótese. Perto do local fica a comunidade Az de Ouro, dominada por uma facção. Um pouco mais distante, fica o Chapadão, dominado por outra. Moradores do local acreditam nessa linha. Certamente, essa será uma das linhas da investigação”, esclarece.

A Polícia Civil informou, por meio de nota, que o caso está sendo investigado. “A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) instaurou inquérito para apurar as circunstâncias em que quatro pessoas morreram e oito ficaram feridas na madrugada deste domingo, em Anchieta. Diligências estão sendo realizadas e a investigação está em andamento”, disse.

Categoria(s): Nacional.

Comente: