Morre o ator Ray Liotta, astro de “Os Bons Companheiros”, aos 67 anos

O ator nos deixou aos 67 anos

O ator Ray Liotta morreu, deixando uma noiva e uma filha, aos 67 anos.De acordo com o portal Deadline, o ator faleceu nesta quinta-feira (26) enquanto dormia. Ele estava gravando o filme “Dangerous Waters” – em tradução livre “Águas Perigosas”- na República Dominicana e morreu no país. Ray ficou muito conhecido mundialmente e se destacou no Brasil com os filmes “Os Bons Companheiros” (1990) e “Campo de Sonhos” (1989). Além disso, Ray Liotta também participou de filmes memoráveis como “Hannibal” (2001), “Narc” (2002), “Profissão de Risco” (2001) e “Cop Land: A Cidade dos Tiras” (1997). A atriz Lorraine Bracco, que atuou com Liotta em “Os Bons Companheiros” lamentou e escreveu o seguinte:

“Estou totalmente destroçada ao ouvir esta terrível notícia sobre o meu Ray. Eu posso estar em qualquer lugar do mundo e as pessoas vêm e me dizem que seu filme favorito é “Os Bons Companheiros”. Então eles sempre perguntam qual foi a melhor parte de fazer aquele filme. Minha resposta sempre foi a mesma… Ray Liotta”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.

Madrasta, acusada de envenenar enteada que morreu, consolou a mãe e ainda a convidou para comer

Um caso que ocorreu no Rio de Janeiro segue repercutindo em todo Brasil. A madrasta, acusada de envenenar dois enteados, ainda chamou a mãe deles para comer na casa dela.

Depois da morte de Fernanda Cabral, que tinha 22 anos, a madrasta dela, Cíntia Mariano, foi às redes sociais pedir orações. Além disso, a madrasta ainda entrou em contato com Jane, mãe de Fernanda, e tentou consolá-la oferecendo companhia e comida. De acordo com o portal G1, Cíntia teria dito numa mensagem para a mãe de Fernanda: “Se quiser, pode vir pra cá, tá?”. A madrasta também ofereceu comida. Confira a conversa

Até então, Cíntia não levantava suspeitas. Contudo, 2 meses depois da morte de Fernanda, começaram a surgir suspeitas contra a madrasta no caso. Bruno Carvalho, que é irmão de Fernanda, começou a passar mal e ter os mesmos sintomas que a moça apresentou. O quadro se iniciou depois que ele almoçou na casa da madrasta e teria almoçado um “feijão amargo”. Então, o jovem foi hospitalizado rapidamente com suspeitas de envenenamento. Bruno passou por uma lavagem estomacal e foi submetido a exames de sangue. Os resultados apontaram que ele estava com altos níveis de chumbo em seu sangue. Ainda segundo o portal, num depoimento prestado ao delegado do caso, Bruno afirmou que o feijão era amargo e tinha “pedrinhas azuis”. Diante disso, a mãe Jane registrou queixa contra a madrasta Cíntia, que acabou presa preventivamente. De acordo com o portal, a mãe disse que Bruno começou a apresentar as mesmas sensações que a irmã teve antes de morrer. Jane afirmou o seguinte:

“Ele já veio de lá com uma ansiedade, bem preocupado e achando que tinha acontecido algo estranho porque quando reclamou do feijão amargo de pedrinhas azuis, ela arrancou o prato da mão dele, colocando mais feijão e entregando pra ele depois. Quando ele veio pra cá, veio perguntando como fazia pra vomitar. Mais ou menos uns 40 minutos depois, começou todo o desespero que foi o que a Fernanda sentiu. Na mesma hora eu imaginei que o gosto amargo desse feijão poderia ser o suposto veneno.”

A polícia enviou uma equipe até a casa da madrasta, que apreendeu o suposto feijão envenenado. Contudo, exames mostraram que o feijão não continha veneno, mas suspeita-se que não se trate mais do mesmo feijão que o rapaz consumiu. Para piorar a situação de Cíntia, durante depoimento, um filho biológico dela confessou que a mulher teria usado chumbinho, veneno utilizado para matar ratos. Além disso, o corpo de Fernanda deve ser exumado para exames pois a morte dela havia sido categorizada apenas por “causas naturais”. Uma das hipóteses das autoridades é de que a mulher teria ciúmes dos filhos do marido.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Mais de 100 quilômetros de rodovias estaduais baianas serão restauradas ou pavimentadas

Obras de restauração e pavimentação serão realizadas em breve em mais de 100 quilômetros de rodovias baianas. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), fará ações em quatro diferentes regiões da Bahia. Entre elas, a restauração de 42,5 KM da BA-617, do entroncamento da BR-030 até Caculé, que passa por Ibiassucê, e a pavimentação de 33,6 KM do acesso ao distrito de Mocambo, em Santa Maria da Vitória.

O processo licitatório das obras foi iniciado com a publicação do aviso no Diário Oficial do Estado (DOE) do último sábado (21). Os envelopes com as propostas das empresas interessadas na execução dos serviços serão abertos até a primeira semana do mês de julho. Confira a relação de rodovias que passarão por ações de infraestrutura:

Sertão Produtivo
Restauração da BA-617, entre o entroncamento da BR-030, Ibiassucê e Caculé. Extensão Total: 42,5 km.
Pavimentação dos acessos à Lagoa Real, que faz ligação com a BA-940. Extensão Total: 3,1 km.

Bacia do Rio Corrente
Pavimentação do acesso ao distrito de Mocambo, em Santa Maria da Vitória, na BA-583, que faz a ligação com o entroncamento da BR-349. Extensão Total: 33,6 km.

Bacia do Jacuípe
Restauração e pavimentação da BA-233, do entroncamento da BR-324 até Pé de Serra. Extensão Total: 18,8 km.

Velho Chico
Pavimentação dos acessos à Riacho de Santana, que faz ligação com a BA-430. Extensão Total: 3,9 km.

Fonte: Ascom/Seinfra

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Matrículas para o Universidade para Todos são prorrogadas até sexta (27)

As matrículas dos contemplados para os cursos do programa Universidade Para Todos foram prorrogadas até sexta-feira (27). A iniciativa é desenvolvida pela Secretaria da Educação do Estado (SEC) e realizada em parceria com as quatro universidades estaduais (Uneb, Uesf, Uesc e Uesb) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Ao total, são 15 mil vagas destinadas ao fortalecimento das aprendizagens e à preparação dos estudantes para o acesso ao Ensino Superior. Para saber como realizar a matrícula na instituição de ensino escolhida no momento da inscrição, acesse o endereço https://bit.ly/3PxndYh.

As vagas foram destinadas aos estudantes que estiverem regularmente matriculados no 3º ano do Ensino Médio Regular nas redes estadual ou municipais (ou suas modalidades correspondentes) ou no 4º ano da Educação Profissional integrada ao Ensino Médio das redes estadual ou municipais (ou suas modalidades correspondentes), além de egressos do Ensino Médio das redes estadual ou municipais do Estado da Bahia. Também foram aceitos os alunos que concluíram os estudos através do Tempo de Aprender II, da Educação de Jovens e Adultos (EJA) até 2008 (concluído); do exame supletivo ou Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Confira as orientações para a matrícula.

Sobre o UPT – Como uma das ações do governo estadual para o fortalecimento das aprendizagens e a preparação para os processos seletivos de ingresso ao Ensino Superior, o Programa Universidade para Todos foi instituído enquanto política pública pelo Decreto nº 20.004/2020. Conforme dados oficiais, até o ano vigente, o UPT já proporcionou o ingresso no Ensino Superior de 30.388 mil estudantes concluintes e egressos da rede pública e o exercício à docência a cerca de 29 mil estudantes universitários, que atuam no programa como professor/monitor. Ao longo desses anos, o UPT se consolidou nos 27 Territórios de Identidade do Estado da Bahia, possibilitando aos estudantes da rede pública de ensino o acesso em diversos cursos, majoritariamente em universidades públicas.

Fonte: Ascom/SEC

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.