Bebê nordestino surpreende equipe médica ao nascer com cauda de mais de 12 cm e com bola na ponta

Nesta quinta-feira (5) a história de um bebê tomou os portais de notícias. Alguns bebês vêm ao mundo com marcas de nascença, mas esse nasceu com uma característica raríssima e quase única.

Ao nascer um pouco prematuro, com 35 semanas, um bebê deixou toda a equipe médica com o queixo caído. Ele nasceu com uma cauda de 12 centímetros no final da coluna. Além do comprimento considerável, a cauda ainda tinha uma bola bem larga em sua ponta. O nascimento ocorreu no Hospital Infantil Albert Sabin, em Fortaleza, mas ganhou repercussão internacional e também foi publicado no Journal of Pediatric Surgery Case Reports, jornal especializado em casos de cirurgias pediátricas. Mas afinal, o bebê está saudável?

Exames foram realizados e não foram encontradas nenhuma outra alteração no quadro do bebê, o que significa que ele está bem. Muita gente não sabe, mas, segundo especialistas, todos as pessoas desenvolveram uma espécie de cauda embrionária durante a sua formação no útero. Contudo, ela é reabsorvida pelo corpo nos primeiros meses de gestação. Em exceções, como no desse bebê cearense, essa cauda continua crescendo e a criança acaba nascendo com ela. A cauda dele foi retirada a partir de um procedimento. O episódio é considerado raríssimo e menos de 50 casos desse tipo foram registrados na história da medicina moderna.

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Ciência, Destaque, Nacional.

publicidade