Caso menino Danilo: Jovem recebe proteção após prestar testemunho que levou à prisão de 2 suspeitos

O depoimento de um adolescente foi essencial para o avanço das investigações no caso do menino Danilo de Sousa Silva.Ele teria visto o que aconteceu pouco antes do crime e ajudou as autoridades na identificação de 2 suspeitos de terem causado morte de Danilo. Desde então, o jovem, que está sob proteção da polícia.

Na última sexta-feira, duas pessoas foram presas após o depoimento do jovem. Identificados como Reginaldo Lima Santos, padrasto do menino Danilo e Hian Alves de Oliveira, que seria um vizinho da família, foram detidos depois das informações passadas à polícia pelo adolescente.

A história começou quando Danilo desapareceu depois de sair para ir até a casa de sua avó, que fica na mesma quadra de sua casa. Em seguida, as autoridades foram acionadas e pessoas também se empenharam para encontrar o garoto.Depois de cerca de 4 dias de buscas, ele foi encontrado sem vida.

O que causou ainda mais inquietação na população, foi o fato dos suspeitos terem relatado que afogaram o garoto no lamaçal como consequência de um mal comportamento da criança. Além disso, eles teriam agredido o garoto com um pedaço de madeira e pulado sobre ele. Tudo teria ocorrido numa região de mata a algumas dezenas de metros da casa onde Danilo morava. Por razões de segurança, o jovem que ajudou os policias a identificarem os dois suspeitos não teve o seu nome revelado e receberá proteção do estado enquanto for necessário.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: