Caso Lucilene: Acusado na morte da dona de hotel é finalmente encontrado e preso: “Pagou para mentirem para a polícia”

A história da empresária dona de hotel que sumiu em 2019 ganhou mais um episódio. Recentemente, Lucilene foi encontrada sem vida em Porto Ferreira, interior de São Paulo, mas nenhum acusado havia sido preso ainda. Então, as coisas mudaram nesta sexta-feira (6).

Vanderlei é ex-companheiro de Lucilene e acabou preso depois que uma decisão judicial em segunda instância resolveu reverter o entendimento de que ele permanecesse em liberdade. De acordo com o portal Record, Vanderlei Meneses foi preso em Goiás hoje. A Justiça entendeu que ele pode ter matado a empresária, além de poder ter ocultado tudo e corrompido testemunha, pois pagou uma mulher para mentir para a polícia. Ela teria dito que estava com o acusado no momento do desaparecimento de Lucilene, dando-lhe um álibi. Mas não é só isso.

Entenda o caso

O corpo de Lucilene Maria Ferrari, que sumiu, aos 48 anos, na véspera de Natal de 2019 na cidade de Porto Ferreira, no interior de São Paulo.A mulher sumiu no dia 24 de dezembro daquele ano, e os ossos foram achados há seis meses em Porto Ferreira, em área rural próxima a Pirassununga. Exames da arcada dentária e também de DNA confirmaram que o corpo é de Lucilene.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: