Caso Flordelis: Bomba é jogada na casa de testemunha ligada a filho “Isso foi um aviso”

Um dos casos mais enigmáticos dos últimos tempos, sem dúvidas, é o da morte do Pastor Anderson, que foi executado na frente de casa. Depois de ser apontada como a mente por trás de tudo, a deputada federal Flordelis pode estar envolvida também numa represália a uma das testemunhas do caso.

De acordo com o Ministério Público do Rio de Janeiro, uma das testemunhas do caso afirmou que teve uma bomba caseira jogada no terreno de sua casa durante a madrugada. Na opinião dela, esse seria um aviso de Flordelis para que ficasse calada e não prestasse mais depoimentos. A testemunha em questão é Regiane Ramos, a dona de uma oficina onde Lucas, um dos filhos de Flordelis, trabalhou antes da prisão. Na versão dela, Lucas chegou a contá-la sobre os planos da deputada para matar o pastor Anderson.

Com uma relação de proximidade muito grande com o rapaz, Regiane era como uma mãe para Lucas e eles conversavam sobre vários assuntos. Justamente numa dessas conversas, Lucas teria falado sobre as mensagens com os planos para tirar a vida de Anderson. Além disso, ela também teria tido acesso direto a esses textos. Portanto, por ter acesso a informações tão importantes nesse processo, Regiane acabou marcada. No seu depoimento, ela afirma que o ataque a sua casa também poderia ser uma maneira de atingir a Lucas, para que ele mudasse o seu depoimento.]

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: