Casemiro Neto comenta prisão do filho e da nora: “Quem erra deve ser punido”

O apresentador da TV Aratu Casemiro Neto comentou nesta segunda-feira (16) a prisão do filho, Rafael Prado, e da nora, Ariana Nasi, no esquema de fraude em licitações públicas estimado em R$ 83 milhões. Casemiro disse ao vivo na abertura do programa ‘Que Venha o Povo’ que confia nas investigações da Polícia Federal, mas que “quem erra deve ser punido”.

“Em São Paulo, a polícia prendeu o casal Ariana Nasi e Rafael Prado Cardoso. Rafael é meu filho. Tem 36 anos, é um homem, casado, tem vida própria”, disse Casemiro ao falar da Operação Aleteia, que descobriu que dois grupos formavam o esquema, um deles formado por Rafael.

“Como pai, eu vou dar todo apoio neste momento difícil para toda a família. Como jornalista, minha postura é a mesma de sempre e que vocês conhecem muito bem. Eu confio na Justiça e vou acompanhar o resultado das investigações. A lei é para todos, o direito à ampla defesa também, e quem erra deve ser punido. Não faço pré-julgamentos e espero que tudo seja esclarecido o mais rápido possível”, disse o apresentador.

Categoria(s): Regional.

Comente: