Casal que administrava o portal Mega Filmes HD foi preso em Cerquilho

Casal que administrava o portal Mega Filmes HD foi preso em Cerquilho (Foto: Reprodução/Megafilmeshd.net)

Um casal de Cerquilho (SP) foi preso suspeito de administrar o site Mega Filmes HD, apontado pela polícia como o maior portal da América Latina que distribuía pela internet filmes, séries e documentários sem o pagamento de direitos autoriais. Segundo as investigações da Polícia Federal de Sorocaba, que deflagrou a operação “Barba Negra” nesta quarta-feira (18), a dupla, juntamente com mais cinco pessoas, oferecia no site um acervo com cerca de 150 mil filmes, documentários, séries de TV e shows. No portal, segundo a PF, os criminosos faziam transmissão de programas antes mesmo das estreias oficiais.

De acordo com o delegado da Polícia Federal Valdemar Latance Neto, uma estimativa aponta que o site tenha recebido 60 milhões de visitas por mês no primeiro semestre de 2015, das quais 85% eram de brasileiros e 15% de países como Portugal e Japão. “O esquema criminoso era extremamente lucrativo. Estimamos que eles estavam conseguindo até R$ 70 mil por mês graças à verba de publicidade. A pessoa interessada em ver um vídeo desse site precisava clicar pelo menos três vezes em publicidade, o que gerava uma receita”, explica o delegado.

Em apenas uma rede social, o portal tinha mais de 4,5 milhões de seguidores. A renda da organização criminosa vinha por conta da cobrança de publicidade exibida no site. “Esse site é considerado o maior site da América latina de pirataria, por isso, a Vara de Justiça de Sorocaba determinou que o Mega Filmes HD fosse retirado do ar no prazo de cinco dias, mas esperamos que essa ação judicial seja cumprida nas próximas horas”, afirma Valdemar.

Categoria(s): Nacional.

Comente: