Cão pega ônibus e viaja 3 km sozinho para tirar foto com Papai Noel em Belo Horizonte

O cãozinho vira-lata Pipoca está há um ano com a família Gomes, de Belo Horizonte, e se tornou um filho, a quem dedica todo o cuidado, para a pequena Sophia de apenas 6 anos. “Eu pego ele tipo neném. Eu dou carinho. Dou aguinha de copinho”, disse Sophia Caetano Gomes.

Bastante conhecido na vizinhança, Pipoca ostenta muita liberdade pela região. “A gente está acostumado com as voltinhas que ele dá aqui no quarteirão de casa e não fica muito tempo na rua. Só dá uma volta no quarteirão. Todo mundo conhece ele, todo mundo aqui gosta dele, a vizinhança toda é apaixonada por ele, por ele ser um cachorro muito carinhoso”, explicou o vendedor e pai da Sophia, Roniel Gomes Moreira.

Em uma dessas andanças de Pipoca, ele saiu e não retornou. A família ficou desesperada com o sumiço do cãozinho, mas tinha esperanças de que ia encontrá-lo. O pai da Sophia, entretanto, ficou atônito quando recebeu, por meio de uma rede social, uma fotografia de Pipoca fazendo pose sentado em uma poltrona ao lado de Papai Noel.

O cachorrinho havia entrado em um ônibus e percorrido três quilômetros para desembarcar em frente a um shopping, na região noroeste de Belo Horizonte. Pipoca foi visto descendo do ônibus justamente por Paulo Roberto, que trabalha de Papai Noel.

“O ônibus estava até bem cheio, e nisso apareceu o cachorrinho no meio das pernas. Quando ele desceu na rua, o motorista até deu gargalhada, porque ele achou interessante, mas não vi, não estava acompanhado de ninguém”, contou Paulo Roberto Duarte, Papai Noel.

O sistema de monitoramento do shopping registrou a entrada do cãozinho pela portaria principal. Pipoca recebeu acolhimento da administração do local.

A gente levou ele no pet shop, comprou ração, coleira, para ele ficar bem cuidado aqui nas dependências do shopping. A gente levou ele para administração e deixou ele lá supervisionado e super bem cuidado”, disse Isabela Moreira, gerente de marketing do shopping.

Pipoca conheceu o Papai Noel e o shopping divulgou que encontrou o cãozinho. De volta ao lar, Pipoca está no colo da Sophia que ganhou seu presente de Natal. “Papai Noel, muito obrigada!”, agradeceu Sophia.

Ela nem tem que agradecer, porque eu acho que a gente tem que fazer a parte. Nós, como adultos, a gente tem que nunca maltratar animais. E uma criança, ela merece todo o tratamento, o melhor tratamento possível da vida”, concluiu Paulo Roberto, Papai Noel.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: