Cantora gospel Amanda Wanessa evolui no quadro clínico após grave acidente em janeiro deste ano

Uma boa notícia está sendo destaque nesta sexta-feira (04)A cantora gospel Amanda Wanessa, de 34 anos, internada desde que sofreu um grave acidente de trânsito, tem evoluído no quadro clínico. Segundo o marido dela, Dobson Santos, em alguns momentos, a artista consegue sorrir e já se emociona ao ouvir as próprias músicas. A colisão ocorreu no dia 4 de janeiro, em Rio Formoso, na Zona da Mata de Pernambuco.

Casado com Amanda há 10 anos, Dobson, de 41 anos, que também é o produtor musical dela, acompanha cada evolução, com a filha do casal, Mel, de 7 anos. Ele fala que, para o trauma sofrido, a recuperação da mulher “está sendo muito boa”.

“A gente coloca as músicas dela e ela sempre chora, fica bem emotiva, coisa que antes ela não fazia. Ela estava sorrindo também, mas agora está mais emotiva. Ela abre os olhos, mexe o pescoço, olha para um lado e para o outro, mas ainda não está firme esse olhar”, observou.

Os familiares comemoram cada sinal de melhora e acreditam na plena recuperação da cantora. “Ela está evoluindo, tem feito tomografia e os exames, segundo o neurologista, mostram essa evolução. É só uma questão de tempo. Nossa fé é inabalável. A gente está firme nesse milagre”, afirma Dobson.

Amanda Wanessa está em um apartamento no Real Hospital Português, no Centro do Recife. Segundo a família, aos poucos, o médicos estão no processo para a retirada da traqueostomia e realização do curativo oclusivo do estoma. Isso é possível porque a cantora já respira sem o auxílio de aparelhos e realiza tratamentos fisioterapêuticos e fonoaudiológicos.

“Em algumas situações ela sorri, principalmente quando o esposo fala alguma coisa, reagindo ao que ele fala. Os médicos dizem que é uma evolução, mas que é um processo de recuperação”, conta o cunhado da artista, Denílson Santos.

A Polícia Civil concluiu, no dia 13 de maio, o inquérito e constatou que a cantora causou o acidente de trânsito. Na ocasião, a polícia informou que “a vítima deu causa ao acidente” e que o inquérito foi concluído “sem indiciamentos”.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) entendeu que não houve conduta criminosa e arquivou o inquérito policial que apurou o acidente que deixou Amanda Wanessa ferida, remetendo os autos ao Poder Judiciário, no dia 17 de maio. O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) deferiu o pedido de arquivamento.

A conclusão do inquérito diverge da versão apresentada pela família da artista na época do acidente. Após a colisão, os parentes de Amanda Wanessa disseram que um caminhão de tijolos teria invadido a faixa contrária, colidindo com o veículo em que a cantora e as outras três pessoas estavam.

Textos e informações do portal G1

Categoria(s): Artistas.

Comente: