Cantor Tierry relembra grave doença do filho: “Falaram que seria melhor deixar que ele fosse”

Um querido cantor tomou as manchetes deste domingo (10). Tierry, que estourou com a música “Ô Rita”, teve uma mudança de comportamento depois que o filho dele enfrentou um quadro grave

Durante o programa “É de Casa, Tierry” relembrou sobre a doença que colocou o filho dele, Adriel, que na época tinha 3 anos, numa UTI por 4 meses. No relato, o cantor afirmou que o filho teve uma infecção bacteriana que avançou e se tornou uma choque séptico, levando o menino a ter 5 paradas cardíacas. Emocionado, Tierry desabafou:

“Eu tive a minha fé testada quando meu filho tinha três anos. Ele teve um choque séptico por bactéria e ele teve cinco paradas cardíacas. Foram dias muito difíceis, quatro meses de UTI […] Ele usou a tão falada ECMO, a mesma usada por Paulo Gustavo. Ele ficou 45 dias usando um pulmão fora do corpo. Por cinco vezes, a gente ouviu que o Adriel não suportaria e o que o melhor era deixar que ele fosse.” Mas não termina aí.

Além disso, o cantor afirmou que essa experiência o fez mudar sua concepção sobre afetividade com a família. Tierry afirmou:

“Eu não pensava muito na questão afetiva, de ter comprometimento com o outro. E o filho vem pra poder mudar a vida da gente […]Ele teve algumas sequelas, pois foi realmente muito pesado. Mas é uma criança perfeita, não teve nenhum tipo de sequela neurológica. E é uma criança que nos ensina todos os dias a ter resiliência.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: