Cantor Bandeirante, da dupla com Zé Batista, morre aos 63 anos vítima da Covid-19

Uma triste notícia está sendo destaque nesta sexta-feira (23). O cantor e locutor Bandeirante, de 63 anos, morreu ontem em decorrência da Covid-19, em Pouso Alegre, Sul de Minas. Sucesso na música ao lado de Zé Batista, ele foi um dos primeiros a gravar a música Fuscão Preto.

Bandeirante, cujo nome verdadeiro é Gilberto Felício da Silveira, estava em isolamento desde 15 de abril, apresentando apenas sintomas leves. Porém, ontem, ele apresentou uma crise de falta de ar, sendo levado as pressas para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, mas morrem horas depois.

Com mais de 40 anos de carreira, Bandeirante era dupla de Zé Batista e lançou 12 discos, sendo o último em 2011, onde comemorava os 30 anos da carreira. No rádio, trabalhou em emissoras Pouso Alegre e Cambuí, no Sul de Minas.

 

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Comente: