Candidato a vereador é assassinado enquanto denunciava obra irregular em live

O ex-presidente da Câmara Municipal de Patrocínio (MG) e candidato a vereador, Cássio Remis (PSDB), foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira (24), durante uma live em uma rede social do político.

Ele estava denunciando uma suposta obra irregular realizada pela prefeitura.

De acordo com a polícia, o autor do crime é Jorge Marra, irmão do prefeito da cidade mineira.

Em uma parte da gravação, Marra, que é secretário municipal de Obras, desce de um carro e é identificado pela vítima, que chega a falar: “Está aqui agora o secretário que veio aqui para me agredir”.

Assim que ele se aproxima, Remis reclama e pede para ele não quebrar seu celular. Em seguida, a transmissão é interrompida.

De acordo com o R7, Marra pega o aparelho telefônico do candidato e o leva de carro em direção à Secretaria de Obras. A vítima foi atrás para tentar pegar o celular de volta, mas o secretário sacou um revólver e atirou contra Remis. Logo depois, o autor do crime saiu do local em uma caminhonete Hilux.

DINHEIRO PÚBLICO SENDO USADO PARA REFORMAR POSSÍVEL COMITE ELEITORAL DO PREFEITO DEIRO MARRA

Publicado por Cassio Remis em Quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Categoria(s): Politica.

Comente: