Candidata é acusada de enviar fotos “quentes” para grupo em troca de votos, se defende e fala da reação do marido

Uma candidata a vereadora repercutiu em todo o Brasil depois de um “deslize”, como ela mesma chamou. Isso porque, fotos “inadequadas” da candidata foram parar num grupo de mensagens. Em pouco tempo, as imagens da candidata despida já estavam por todo lado. Então, muitas pessoas acusaram a ela de que isso seria uma estratégia para conseguir votos. Mas ela não se calou diante da situação e tentou justificar.

A protagonista da história é a candidata a vereadora de Crateús, no Ceará, Samara Alves. As informações são do portal Cariri Metropolitano. Então, em justificativa, a candidata afirmou que estava selecionando algumas fotos quando, “por um escorregão, um deslize,” as fotos foram parar no grupo. Contudo, para ela “não tem problema nenhum” que a imagem dela sem roupas se espalhe. Depois da grande repercussão, Samara disse que estava com medo de que o marido dela ficasse com raiva, porém, surpreendentemente, ele disse que “o que é bonito é para se mostrar.” Além disso, ela também respondeu às acusações de que tudo isso seria uma estratégia para conseguir votos.

Para responder as críticas, Samara argumentou que não foi a sua intenção “O pessoal já está comentando que estou mandando essas fotos para pedir votos. Mas não foi a minha intenção. Mas se foi, foi…Fazer o que né?” Contudo, em seguida ela “deixa no ar”, como se diz no popular, frases contraditórias à própria defesa: “A foto está aí, quem quiser votar em mim, eu faço é agradecer, e arrumar uns votinhos para mim. Eu acho que vou mandar é mais…”

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Categoria(s): Nacional.

Comente: