Campo Formoso: Juiz pede vista em julgamento; Adolfo Menezes será diplomado nesta quarta

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), Cássio Miranda, pediu vista nesta terça-feira (18) no processo que decidirá o futuro político e administrativo do município de Campo Formoso, no norte baiano. A Corte julga o processo que envolve o prefeito eleito, deputado Adolfo Menezes (PSD), acusado pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) de cometer abuso de poder econômico e fazer uso indevido dos meios de comunicação em benefício de sua candidatura. O parlamentar nega as acusações e diz que ser vítima de uma “excrescência e estupidez”. O juiz federal Saulo Casali, relator do processo, já votou pela cassação do registro de Menezes e anulação do pleito. O juiz Roberto Franklin manteve a candidatura do político e afirmou que a conduta não influenciou na eleição. Segundo o magistrado, somente 5% do conteúdo das entrevistas se referiam às eleições de 2012, o que tecnicamente mantém a ausência de potencialidade ou gravidade nas acusações. Já a presidente do TRE-BA, Sara Brito, negou nesta terça a participação da desembargadora Maria do Socorro Santiago Barreto. Conforme a presidente, a magistrada não tinha participado da primeira fase do julgamento, o que a torna inapta de integrar o pleno no julgamento. Enquanto o processo corre, o deputado Adolfo Menezes será diplomado nesta quarta-feira (19) às 9h. Caso tenha decisão não favorável, um novo pleito deverá ser marcado. Caso a decisão seja proferida após a posse, além de perder o cargo, o deputado perde também o mandato na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Fomte: por David Mendes (Bahia Notícias)

Categoria(s): Regional.

Comente: