Câmera processa Faustão por conta de piadas e acaba ficando milionário após decisão do tribunal

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (13). Hoje resolvemos lembrar a vocês a história do ex- câmera do Faustão, o Ivalino Raimundo da Silva, que, por conta das piadas do apresentador, o processou e ficou milionário com a ação.

Ivalino era gaúcho, e tinha um jeito calado e sério. No programa, ele era chamado de “corno”,” tarado do asfalto”, “gaúcho do armário”, “mais antigo câmera da América Latina” e “galã de velório”. Porém, por volta de 1995, Ivalino processou o apresentador e a Rede Globo, pedindo uma indenização por dano moral e material no valor de R$1 milhão.

A emissora recorreu sob a alegação de que o câmera autorizou o uso da imagem. Porém, em 2003, o STF manteve a decisão de condenar a emissora e Faustão. O câmera afirmou na época que não reclamava das piadas por medo das represálias.

Com a saída da Globo, Ivanilson passou a viver no anonimato. No ano passado, ele faleceu aos 81 anos. Ele sofria de Mal de Parkinson há cerca de 24 anos e também foi vítima da Covid-19.

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: