Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em igrejas e órgãos públicos

Na madrugada desta sexta (3), com 17 vetos, Jair Bolsonaro (Sem Partido) sancionou a nova lei que não obriga o uso de máscaras em espaços compartilhados, como ambientes de trabalho, transporte público (táxi, ônibus, carros de apps) e templos religiosos.

Agora não é mais obrigado usar proteção facial em templos religiosos, serviço público e estabelecimento comerciais. “Possível violação de domicílio”, disse Bolsonaro sobre a mudança.

Além disso, não é mais obrigado oferecerem máscaras para os clientes ou os funcionários. Por fim, Bolsonaro vetou trecho que obrigava o poder público a oferecer máscaras para a população carente.

Categoria(s): Politica.

Comente: