Destaques :

Justiça decreta prisão de médico suspeito de abusar de mulheres e filmar os crimes no Ceará

Brasileiro é condenado à prisão perpétua no Reino Unido por matar ex-companheira

Internado, Agnaldo Timóteo perde 25 quilos: “Vocês vão tomar um susto”

‘Pistoleiro’ pega mais de 18 anos de prisão; réu foi contratado por irmão da vítima

Homem esmaga rosto de mulher a pedradas após ela se negar a fazer sexo

Homem procurado pela polícia suspeito de estuprar e matar cadela

Lei obriga alunos de escolas municipais a cantarem o Hino Nacional

Três tias estão envolvidas em assassinato de sobrinha, diz PC

Menina submetida a cirurgia cardíaca é retirada de lixão no Sertão

Mãe passa mal ao ver acusado de matar filha em julgamento

Ex-galã de Malhação vira motorista de Uber no Rio de Janeiro

Justiça decreta prisão de prefeito afastado de Uruburetama, acusado de abusar sexualmente de pacientes

Homem é preso em Pirajá após agredir constantemente a própria mãe, de 60 anos

Frota se diz desiludido com Bolsonaro: “Minha maior decepção”

Melhor prefeito do Brasil ganha R$ 7 mil e vai palestrar em Harvard com recursos próprios

Crise de sinusite faz cabeça de homem ficar quatro vezes maior

Redemoinho suga jovem em rio

Consultor de Trânsito faz duras críticas ao trecho da BA – 131, que liga a BR-324 à BR-407 na região de Pindobaçú

Ivete Sangalo embarca em lua de mel e diz: ‘Lugar bom de fazer mais menino’

QUE FOGO! Casal cai do 9º andar enquanto faziam sexo na varanda do apartamento

sexta, 19 de julho de 2019

Regional

Bolsonaro sobre rompimento de barragem em Pedro Alexandre: “Não temos como conter a onda, né?”

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), comentou a tragédia que atingiu um povoado da cidade de Coronel João Sá, após rompimento de uma barragem em Pedro Alexandre, localizada a 107 km de Paulo Afonso, na Bahia.  Nesta quinta-feira (11/07/2019), o chefe do Executivo afirmou que os órgãos de defesa civil foram acionados e soltou: “Não temos como conter a onda, né?”.

“Nossos órgãos de defesa civil estão informados, estão tomando providência”, disse o presidente. Bolsonaro declarou ainda que “o governo está à disposição dos prefeitos locais para qualquer providência que porventura julguem necessária”.

(Fonte: PA4)

O que achou desta notícia ?