Bolsonaro fala sobre programa de “Novo Auxílio Emergencial” e valor do novo benefício é comentado

Após anunciar o novo programa, ao lado de ministros e líderes, Bolsonaro reafirmou a importância de ajudar as famílias nesse difícil momento. Pelos cálculos do governo, cerca de 10 milhões de pessoas ficariam desamparadas se nada fosse feito depois do Auxílio Emergencial. Então, surgiu a ideia do Renda Cidadã, que deve unir o Auxílio ao Bolsa Família, unificando-os. Mas qual seria o valor desse novo benefício?

Para que tantas pessoas não tivessem suas atividades interrompidas, o Renda Brasil surgiu como uma alternativa válida. A ideia inicial é de que o novo programa amplie a cobertura e tome o lugar do tão conhecido Bolsa Família. Além desse grupo, os autônomos, os desempregados e os trabalhadores informais, também serão beneficiados, assim como o Auxílio fez. Além disso, já existem alguns valores elencados para o novo programa. Portanto, fica evidente que a intenção do governo é não apenas ajudar o cidadão que arde de fome, mas também o trabalhador que segundo parlamentares ligados ao presidente, dois valores iniciais já estão sendo discutidos. Primeiro, para a famílias com menos filhos, a ajuda seria de R$200, já para as famílias que tiverem mais filhos, a ajuda vai ser de R$300. Contudo, por enquanto essas são as únicas informações disponíveis no momento. Dito isso, a equipe econômica está articulando para desenvolver o projeto mais profundamente, criando soluções para o financiamento do novo programa.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: