Bolsonaro é alertado por aliados sobre o risco de Moro conseguir tirá-lo do segundo turno das eleições em 2022

Aliados e simpatizantes do atual presidente Jair Bolsonaro têm alertado sobre o risco de Sergio Moro tirá-lo do segundo turno das eleições em 2022, caso o ex-juiz consiga trazer para o seu lado eleitores de Bolsonaro e se firme como o nome da direita capaz de vencer o ex-presidente Lula.

O atual chefe do executivo federal, no entanto, não considera que Sergio Moro consiga ameaçá-lo nas eleições em 2022. Segundo Bolsonaro, o ex-ministro não consegue se posicionar como um conservador (O atual presidente da República se considera um conservador, e não um extremista).

Aliados de Bolsonaro julgam que existe falta de organização para identificar o candidato Sergio Moro como o primeiro adversário a ser derrotado. De acordo com os aliados do governo, os ataques nas redes sociais deveriam focar no candidato Sergio Moro, ao invés de se concentrar no ex-presidente Lula, que possui grande chance de estar presente no segundo turno das eleições 2022.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

Comente: