Bolsonaro alega novamente que houve fraudes nas eleições presidenciais e que não acreditar nas urnas

Uma notícia está sendo destaque nesta quarta-feira (09). O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), alegou, mais uma vez, que houve fraudes nas eleições presidenciais. Segundo ele, ele “não acredita em nada no sistema de contabilização de votos.

Bolsonaro também alega que venceu no primeiro turno, mas com a suposta fraude ele foi para o segundo turno, e venceu porque teve muito voto. “Perguntam: ‘como você ganhou e reclama?’ Eu tive muito voto”, justificou o presidente.

Para ele, o método mais seguro que as urnas eletrônicas seriam os votos impressos, uma das grandes bandeiras do bolsonarismo. Inclusive, uma PEC do voto impresso deve avançar na comissão especial sobre o tema instalada na Câmara dos Deputados. Vale ressaltar que os 34 parlamentares que compõem o colegiado, 21 são favoráveis à mudança de método de voto.

Porém, apesar de afirmar ter provas concretas sobre as supostas fraudes, Bolsonaro até o momento não mostrou nenhuma delas.

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: