“Bola de fogo” ilumina céu do Nordeste e assusta moradores da região

Na noite da última sexta-feira (22/12), diversos municípios do Nordeste brasileiro foram palco de um espetáculo celestial, com luzes cortando o céu, sendo até mesmo chamadas de “bola de fogo”. Localidades do centro-sul baiano, como Guanambi, Vitória da Conquista e Barreiras, e até São Bento, na Paraíba, foram algumas das áreas em que a população testemunhou esse fenômeno.

O evento ocorreu por volta das 22h30, deixando os moradores intrigados. Segundo um residente de Barreiras, a intensidade da luz foi marcante, sem a presença de barulhos, e tudo aconteceu de forma muito rápida.

De acordo com uma análise preliminar da Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoro (Bramon), a “bola de fogo” foi resultado da reentrada na atmosfera de resíduos espaciais de um foguete chinês lançado em 2018 no Centro de Lançamento de Satélites de Xichang, na província de Sichuan.

Nas redes sociais, internautas compartilharam brincadeiras, sugerindo que poderia ser o jatinho da cantora norte-americana Beyoncé, que desembarcou em Salvador na quinta-feira (21/12) e, em menos de sete horas, teria retornado para casa. Em clima de véspera de Natal, um internauta arriscou: “Finalmente Papai Noel e suas renas!”.

Cabe destacar que um fenômeno semelhante foi observado nos céus da região central da Bahia na noite do último domingo (17/12), especialmente sobre a Chapada Diamantina. A diferença foi que, além da “bola de fogo”, o evento proporcionou um clarão no céu. A Associação Paraibana de Astronomia sugeriu que o fenômeno poderia ter sido causado por um meteoro com até 1,5 metro de diâmetro, cuja fragmentação teria levado à queda de meteoritos no solo.

Da redação do Acontece na Bahia