Beneficiários do Auxílio Emergencial precisarão devolver o dinheiro em 2021; governo cobrará via mensagens

Nesta segunda-feira (14) uma medida do governo chamou a atenção. Isso porque algumas pessoas que receberam o auxílio emergencial precisaram devolver o benefício no ano que vem. Mas como assim?

Se consolidando como um dos benefícios mais importantes do ano e ajudando a manter a economia aquecida, o Auxílio Emergencial tem grande valia para as famílias brasileiras. Contudo, muita gente não sabe que pode ser necessária a devolução desse dinheiro. Inclusive, o governo deve cobrar àqueles que devem devolver via mensagens de texto no celular. Mas afinal, quem precisará devolver o auxílio em 2021?

Só precisará devolver o auxílio quem recebeu o benefício indevidamente, como nas seguintes situações:

Quem solicitou o auxílio emergencial mesmo com emprego formal ou sendo servidor público;
Quem conseguiu emprego após aprovação no auxílio. Neste caso, será necessário devolver apenas as parcelas recebidas depois de começar a trabalhar formalmente;
Quem recebe benefício previdenciário ou assistencial, seguro desemprego ou outro programa de transferência de renda do Governo, com exceção do Bolsa Família;
Quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018 e 2019;
Quem possui renda familiar superior a três salários mínimos por mês ou acima de meio salário mínimo por integrante da família;

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: