Bebê nascido de mãe portadora de covid 19 nasce com anticorpos protetores

O caso aconteceu em Singapura, onde a mãe da criança, Celine Ng-Chan, reside. Ela contraiu a infecção viral em meados de março, quando ainda estava grávida.

Segundo Ng-Chan, sua gravidez foi dramática. Em entrevista ao jornal The Straits Times a jovem diz ter se preocupado muito durante a sua gestação. Nesse contexto, Celine ficou internada 2 semanas e meia com sintomas leves da doença no Hospital Universitário Nacional de Singapura.

O médico responsável pela moça suspeita que ela transferiu os anticorpos para o bebê pela placenta. “O meu médico suspeita que transferi os meus anticorpos contra a covid-19 para o meu filho durante a gravidez”, disse Celine.

Apesar do susto, a criança nasceu saudável e sem sintomas da doença, além de estar, teoricamente, protegida da infecção.

Entretanto, o caso da jovem não é o primeiro caso de transferência de anticorpos na gravidez. O primeiro caso noticiado aconteceu no Hospital Universitário San Jorge de Huesca, na Espanha. Esses fatos intrigam os profissionais da saúde devido a possibilidade de infecção da criança ainda na barriga da mãe, como acontece no HIV por exemplo, o que ainda não é foi confirmado pelos cientistas.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: