Bebê morre em hospital com suspeita de H1N1

Uma bebê de oito meses morreu após dar entrada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Universitário de Dourados. O hospital confirmou a morte da criança indígena neste sábado (21), através de nota, e investiga se foi causada por H1N1.

De acordo com o site Douranews, a menina era do município de Amambai, e estava no hospital desde terça-feira (17) passada. A criança morreu na quinta-feira (19).

“A criança apresentava histórico de 3 dias com tosse e febre, com piora do esforço respiratório nas últimas 12 horas. O diagnóstico inicial foi de pneumonia e septicemia. Imediatamente foram realizados todos os exames iniciais e complementares (laboratoriais e radiológicos) e também foram iniciadas todas as medicações de indicação”, diz a nota do hospital.

Segundo o HU, a paciente não apresentava critérios de infecção por coronavírus. Foram colhidos exames de confirmação para H1N1 e outros vírus, que foram encaminhados para o Lacen (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul) na cidade de Campo Grande na quinta-feira (19).

Categoria(s): Nacional.

Comente: