Bebê abandonada em Salvador é resgatada pela polícia e permanece em instituição que já acolheu filhas de Glória Maria

Criança, de apenas 1 mês de idade, foi encontrada sozinha, em imóvel no Jardim Cruzeiro, por PMs

Uma bebê recém-nascida foi resgatada pela Polícia Militar em uma casa no bairro do Jardim Cruzeiro, em Salvador, na última quarta-feira (1º), após ser denunciada por vizinhos. A criança foi encontrada em situação de abandono e encaminhada para a Organização de Auxílio Fraterno (OAF), entidade sem fins lucrativos que acolhe crianças em situação de risco.

A instituição escolhida pela polícia para abrigar a criança foi a mesma onde a jornalista Glória Maria adotou suas duas filhas em 2009. Após o resgate, o diretor da OAF, Jozias Souza, propôs colocar o nome da jornalista na bebê, mas a criança já havia sido registrada como Thaila Vitória Souza Conceição.

Os pais da criança, uma autônoma de 18 anos e um ajudante de pedreiro de 21 anos, foram à OAF após o resgate. A mãe informou que havia saído para procurar uma casa para alugar e deixou a bebê sozinha em casa, pois sofria de depressão e fazia uso de remédios controlados que a impediam de amamentar. O casal tem outros dois filhos, de 1 e 2 anos.

A criança permanecerá na instituição enquanto a Polícia Civil conduz a investigação sobre o abandono. A decisão sobre o destino da bebê será da 1ª Vara da Infância e da Juventude. O diretor-presidente da ONG se colocou à disposição dos pais da criança para visitas.

 

O filho da vítima afirmou que a mãe deve ser responsabilizada e que o pai também tem sua parcela de culpa por deixar a mãe sozinha com os filhos. Ele ainda ressaltou a importância de se promover a conscientização sobre a gravidade do abandono de recém-nascidos.